DataViz (visualização de dados)

A partir de setembro de 2018 iniciei uma série de artigos sobre DataViz. Estão no meu blog. Comece por este aqui.

Os 14 mandamentos para vc usar como checklist. Baixe aqui!

  • Sobre o mago-mega-deus da visualização de dados Hans Rosling, há farto material! O vídeo curtinho que sempre uso em aula está no Youtube, mas vale a pena ver todo o playlist de 10 vídeos do TED (“The best Hans Rosling talks you’ve ever seen”).
  • Bill Gates já elogiou muitas vezes Hans Hosling no twitter e já falou muito bem de um livro dele chamado Factfulness (“Factfulness: Ten Reasons We’re Wrong About the World–and Why Things Are Better Than You Think”), que é vendido na Amazon  mas somente em inglês (nota 1) . Tenho alguns outros vídeos mais robustos (e mais raros) que posso passar por WeTransfer para os aficionados.
  • Artigo do Gartner sobre ” Magic Quadrant for Analytics and Business Intelligence Platforms”.
  • Artigo do Gartner comparando Tableau com o Qlik
  • Vídeo simples e interessante sobre teoria das cores (“Como usar as cores – Fundamentos do Design) do canal DS Tutorials.
  • Vídeo interessante sobre Gestalt  aplicado a arte, que reforça e expande o que foi falado em aula. Produzido no Campus Ji-Paraná do Instituto Federal de Rondônia pela professora de Artes Visuais Juliana Godin.
  • TED mandatório de David McCandless “A Beleza da Vizualização de Dados” e o site de sua empresa Information Is Beatful
  • Vale a pena conferir o site da Gapminder Fundation  e visitar a seção de downloads  do site: não apenas dados mas também o software para fazer animação de séries temporais. 
  • Artigo interessante “How to Lie with Data Vizualization” do Heap Blog. É bom reforçar que não aprendemos a mentir com gráficos mas sim saber como outros tentam nos enganar. Ver o item ética na seção projetos 🙂
  • White paper da Qlik falando sobre 10 segredos sobre vizualização de dados.
  • Outro white paper, do Tableau, falando sobre regras para vizualização de dados: “Good Enough to Great” (em inglês).
  •  Um bom framework de referência rápida sobre que tipo de gráfico usar dependendo da situação (em inglês).
  • Sobre box plots: não costumo falar em aula porquê é um tipo muito específico de gráfico, e porquê é mais usado para análise do que para montar dashboards. De qualquer forma, aqui tem um bom artigo da wikipedia (em português) e outro que explica passo a passo cada elemento, do mesmo pessoal que faz o “Plotly”, biblioteca muito usada do R-CRAN (em inglês).
  • Uma pequena introdução a análise de agrupamentos/clusters (em inglês).
  • Para ler com calmaartigo acadêmico de Edward Segel e Jeffrey Heer, “Narrative Visualization: Telling Stories with Data”, que apresenta um framework com estratégias para narrativas usando dataviz. Tem um viés para narrativas jornalísticas mas pode ser aplicado para negócios de uma forma geral. É para ser estudado com calma, mas vale a pena porque é profundo e tem qualidade (em inglês).
  • Vídeos que falam sobre as ferramentas de DataViz
    • PowerBI: há dois: um é esse  e o outro é esse  (inglês com legendas em português).
    • Tableu: veja aqui (em português)
    • QlikSense: veja aqui (inglês com legendas em português).
  • Livros ótimos para quem quiser se aprofundar. A maioria são caros e todos em inglês, exceto o primeiro. Os links são da Amazon: 
  • Sobre correlação e causalidade
    • O que a wikipedia diz sobre correlação e causalidade (está bem explicado e é em português)
    • Aqui tem um vídeo de menos de 2 minutos do canal “Por quê” falando sobre a diferença entre correlação e causalidade.
    • Site de correlações espúrias que vale a pena explorar, algumas são bem engraçadas.
    • Se vc acordou com aquele espírito bem nerd, aqui tem um bom deck técnico sobre cálculo de correlação. Não tem autor identificado.
    • Um ótimo artigo, em inglês, da revista American Scientist “What Everyone Should Know about Statistical Correlation” (Volume 103 Número 1, 2015). Muito fácil de ler, boa explicação e com uma ampla referência bibliográfica.
    • Uma aula da Khan Academy, em português, que fala sobre Correlação e Causalidade.
    • O famoso artigo “Chocolate Consumption, Cognitive Function, and Nobel Laureates” em inglês, na íntegra – vale como curiosidade, não invista tempo tentando estudá-lo 🙂

Nota 1: em março/19 descobri no twitter que foi lançada uma versão de Factfulness em português (de Portugal). Ainda não vi mas pelo menos sei que existe!